Cuidando de Mim Mesmo: Foco em Nossas Necessidades Mentais

Este artigo faz parte da série que destaca cada uma das 10 Principais Tendências Globais de Consumo 2020.

Um em cada quatro adultos nos países desenvolvidos sofre de ansiedade. No entanto, menos da metade recebe tratamento adequado, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. Ao mesmo tempo, o consumo de produtos para alívio do estresse, como o cigarro e álcool, e a automedicação estão em declínio. O futuro da socialização será reformulado. Estimulação responsável e bem-estar mental serão o novo padrão, à medida que os consumidores buscam a “felicidade holística”.

Cuidando de Mim Mesmo é uma poderosa tendência de longo prazo, trazendo o bem-estar da mente e do corpo ao primeiro plano das preocupações dos consumidores.

O alívio da ansiedade como um estado de necessidade do consumidor

Produtos posicionados para melhorar o humor, relaxar, aliviar o estresse e a ansiedade e melhorar as funções do cérebro estão cada vez mais presentes em diversas indústrias, de refrigerantes a cosméticos. A cannabis legalizada está na vanguarda dos cuidados com o amplo espectro de bem-estar mental, especificadamente na melhoria do estado de ânimo, usando diferentes características de um único ingrediente.

Pode-se dizer que essa indústria dinâmica e disruptiva abriu caminho para outros produtos de consumo se posicionarem de uma maneira parecida baseada no resultado. Isso pode ser visto na inclusão de plantas funcionais em produtos alimentícios e bebidas, como cúrcuma, cogumelos, ashwagandha e matcha ou estimulantes de hormônios em neurocosméticos e aromas que imitam a natureza em produtos de beleza.

“Uma gama cada vez maior de produtos abordam a questão da saúde mental dentro das indústrias de beleza e cuidados pessoais e de Consumer Health. O uso de fragrâncias em formulações de produtos de beleza vem crescendo ao longo dos últimos anos, impulsionado pelos seus atributos funcionais. Segundo os dados da base de ingredientes, o volume de fragrâncias apresentou um crescimento médio de 3% ao ano nos últimos 5 anos no Brasil. Dentre os produtos que passaram a utilizar atributos de bem-estar em seus portfolios, podemos encontrar a linha “Hora do Sono” da Johnson´s e a linha “Cuide-se bem acalma” de O Boticário. O uso de ativos naturais e florais, por exemplo, acaba por adereçar aqueles que buscam tratar sintomas como stress, falta de concentração e ansiedade. A busca por alternativas mais naturais acaba por refletir diretamente nas vendas da indústria de Consumer Health. A categoria de herbal/traditional products apresentou um crescimento médio de 4,4% ao ano nos últimos cinco anos e deverá continuar a crescer  impulsionado por essa tendência”, comenta Elton Morimitsu, analista sênior de pesquisa da Euromonitor International.

Bem-estar mental moldará o futuro da socialização

Antigamente, as empresas posicionavam suas marcas tradicionalmente para o consumo em determinadas horas do dia. Agora, mais produtos estão mostrando como atendem a um estado de necessidade específico do consumidor. Bebidas alcoólicas e refrigerantes são grandes exemplos dessa travessia vista no aumento de bebidas não alcoólicas e “hard seltzers” (bebidas alcoólicas com gás, geralmente com sabor de frutas e baixo teor calórico). Além disso, todas querem ser uma bebida que proporciona energia ou relaxamento.

O isolamento social no mundo moderno está aumentando devido a estruturas familiares em evolução, perda do espaço público, maior jornada de trabalho e redes sociais. Tudo isso está alimentando ainda mais a ansiedade e reduzindo ou acabando com o consumo de tabaco e álcool em ambientes sociais.

As grandes empresas têm a oportunidade de oferecer aos consumidores adultos estimulação responsável com o uso de ingredientes naturais para oferecer a sensação de prazer e entusiasmo, assim como por meio de alternativas moleculares. Mais adiante nessa trajetória está o potencial para microdoses controladas por meio de novos mecanismos de liberação, como o vapor, de enteógenos como LSD, psilocibina e ayahuasca.

O Futuro dos Estimulantes é Holístico

Ao contrário das décadas anteriores, os consumidores mais experientes buscam uma abordagem mais diversificada, sutil e direcionada ao antigo problema de bem-estar mental.

Negligenciados anteriormente, os ingredientes ativos e funcionais podem melhorar a sofisticação da resposta de um indivíduo às pressões e complexidades da vida moderna. Através da proliferação de estados de necessidade, as empresas também estão se engajando com os consumidores de maneira mais direta e significativa, fornecendo garantias implícitas de que estão dispostos a viajar nessa jornada com eles.

O objetivo final será desenvolver soluções holísticas e responsáveis ​​de reequilíbrio mental que sejam hiper customizáveis ​​e personalizadas.

Para saber mais sobre como o setor está respondendo e visão de nossos especialistas, faça o download do relatório 10 Principais Tendências Globais de Consumo 2020.