Os quatro usos da pesquisa de mercado em instituições financeiras

Nossos dados indicam que muitas economias em desenvolvimento estão transitando de um perfil poupador para investidor. Além disso, esperamos que a classe média mundial chegue a mais de um bilhão de consumidores até 2020. Essas mudanças abrem um mundo de oportunidades para os investidores.

Entrentato, os analistas de equity research e asset managers não raro contam com informações de várias fontes, com definições e escopo diversos, o que lhes impõe um desafio extra de garantir a comparabilidade dos dados para embasar suas decisões. Apesar de o “big data” estar ganhando aceitação no mundo das pesquisas, os clientes muitas vezes se veem perdidos entre tantos dados.

No white paper “Como usar pesquisa de mercado para melhores resultados: Equity Research e Asset Management”, nós analisamos quatro usos estratégicos da pesquisa de mercado e estudos de caso que proporcionam uma compreensão clara de como potencializar o uso dessas informações nessas empresas. Um dos usos mais importantes é a comparação de empresas entre seus pares e contra a performance do mercado, que vem se tornando um desafio cada vez maior a medida em que o ambiente de negócios se torna cada vez mais internacional.

Outro uso estratégico é a estimativa de desempenho futuro a partir de dados de mercado e tendências do consumidor. As análises podem ser usadas para identificar lacunas nas preferências dos consumidores, mapear mudanças demográficas em médio e longo prazos, bem como antecipar as inversões na demanda. Por meio desta estratégia, uma instituição financeira japonesa de médio porte obteve insights valiosos para aconselhar seus clientes sobre o potencial da população em envelhecimento na América do Norte e Latina.

As outras estratégias incluem a avaliação do impacto de forças externas nos mercados e o aumento na geração proativa de ideias. Com um volume cada vez maior de informações disponíveis, a avaliação sobre o que é valioso e o que é informação adicional se torna cada vez mais importante, especialmente para essas instituições financeiras. Baixe este white paper agora para saber como potencializar o uso de suas informações.